Ser criança nos dias de hoje.

image

Meu filho usa a tecnologia disponível com tanta destreza que me espanto, mas fico mais espantada ainda quando ele me mostra como usar algum aplicativo,  isso no auge dos seus 2 anos.
Em casa usamos muito a criatividade para brincar e uso muito das minhas brincadeiras de infância com ele, sem perder o que há na infância dele também. Nosso tempo era bom e o deles também pode ser, brincamos de pintura,  massinha, fizemos nossa própria pista de corrida com papelão e tinta, brincamos de pega pega,  bola, esconde-esconde,  tudo dentro de casa! Para nossa árvore de natal, pintamos as bolinhas com seus personagens favoritos,  ouvimos músicas e dançamos juntos, enfim fazemos tudo que uma criança deve fazer é ser: uma criança.
Mas mesmo brincando muito com ele com atividades que pedem coordenação e físico (aliás,  o menino que corre ein… rs), admiro está facilidade tão comum nele e nas crianças de hoje. Ainda assim eu limito o tempo de uso de qualquer acessório tecnológico,  não proíbo, mas limito,  acredito que hoje isso faz parte da infância, mas acompanho o que está acontecendo e tenho ajuda de vários aplicativos de controle de pais, que restringem o uso.

Um certo dia, acompanhando a brincadeira dele, vi ele montando um quebra cabeça de 100 peças em 5 minutos no tablet e um quebra-cabeças comum ele ficava perdido,  pois achava que era só arrastar as peças.
Bom,  compramos novos quebra-cabeças e hoje a festa que já fazíamos com outras brincadeiras ficou ainda maior,  porque a cada quebra-cabeça que montamos é uma alegria imensa e uma bagunça total, rs.

A fim de traduzir a felicidade a cada quebra cabeça montado (montamos os mesmo milhares de vezes já ) terminamos gritando É TETRA,  ACABOU,  ACABOU, para você que acompanhou a copa de 94 sabe o que essa expressão significa. 😉
Mas como já dizia a música do palavra cantada:

Lápis, caderno, chiclete, pião
Sol, bicicleta, skate, calção
Esconderijo, avião, correria, tambor, gritaria, jardim, confusão
Bola, pelúcia, merenda, crayon
Banho de rio, banho de mar, pula cela, bombom
Tanque de areia, gnomo, sereia, pirata, baleia, manteiga no pão
Giz, merthiolate, band-aid, sabão
Tênis, cadarço, almofada, colchão
Quebra-cabeça, boneca, peteca, botão, pega-pega, papel, papelão.

Tecnologia é importante em seu desenvolvimento,  mas ser criança no mundo real e aprender que o toque na lama, um banho de chuva,  olhar as estrelas e conta-las com a que não irá nascer nenhuma verruga, o rir, correr, pular, pagar, sentir e estar com aqueles que amamos ainda sim são os melhores formadores de almas,  intelecto, caráter e contadores de histórias.

image

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s